Selecionar um CMS para criar um site

Precisa de uma solução simples e rápida para criar e gerir um site? Instale um CMS.

O que é um CMS?

Um CMS (Content Management System) permite criar gerir um site dinâmico e responsivo através de uma interface simples e fácil de usar. Com um CMS podemos criar páginas e editar conteúdo sem termos conhecimentos de código.

Existem centenas de CMS para diferentes tipos de utilização:

  • Redigir e publicar artigos num blog.
  • Criar um site institucional para divulgar a atividade da empresa
  • Vender produtos online num site de e-commerce, com um CMS que permite a instalação de módulos de pagamento.
  • Criar um site comunitário para permitir a partilha de informação entre muitos internautas.

Para mais informação sobre a criação de um site, consulte o nosso guia para criar um site em 5 passos: da seleção do domínio e do alojamento, à publicação das primeiras páginas.

Qual a razão par criar um site com um CMS?

A criação «manual» de um site, sem a utilização de um sistema de gestão de conteúdo, exige a intervenção de developers capazes de desenvolver um site de A a Z, com recurso a linguagens de programação como HTML, PHP, Javascript...
Com o método manual, é possível criar um site mais original e ajustado a necessidades específicas. Mas o seu desenvolvimento é bastante mais demorado.

Os CMS apresentam inúmeras vantagens que justificam a sua utilização por 47% dos sites existentes a nível mundial (fonte: W3techs.com)

Fácil de usar

Normalmente, os CMS incluem um painel de gestão com uma interface simples, e um editor WYSIWYG (What You See Is What You Get) para que o utilizador possa criar o site/as páginas de forma simples, e visualizar logo o resultado das alterações.

User & Mobile friendly

Todos os CMS disponibilizam templates (modelos de sites) adaptados a todo o tipo de dispositivos, incluindo dispositivos móveis.

Multi-user

Pode definir permissões específicas para cada utilizador do seu site: editor de páginas, acesso ao código...

Personalização avançada

Pode acrescentar funcionalidades extra ao seu site, através da seleção das extensões disponíveis no menu de gestão dos CMS.
Exemplos: um campo de inscrição na newsletter, botões para as redes sociais, entre outros.

Comunidade

Os CMS mais populares contam com uma comunidade de utilizadores com a qual poderá trocar opiniões e conselhos para otimizar o seu site.

Melhor SEO

Cada ambiente permite aumentar a visibilidade do seu conteúdo, otimizar a performance das páginas e melhorar a posição nos resultados dos motores de busca (SEO).

Comparação entre CMS

Existem cerca de uma centena de CMS open source, pelo que não é possível compará-los a todos. Assim, iremos analisar os mais populares, enfatizando as suas particularidades para que possa escolher o CMS mais adequado às suas particularidades.

WordPress

Rei dos CMS open source, o Wordpress foi criado para dar resposta ao crescimento exponencial dos blogues. Em 15 anos passou de concorrente do Blogger e do Overblog, a líder mundial incontestado dos CMS. Com efeito, 60% dos sites baseados em CMS open source usam este software. Na nossa lista, esta é, sem dúvida, a solução mais fácil de instalar e de administrar. O Wordpress disponibiliza uma grande quantidade de modelos (templates) de sites e de extensões que permitem adicionar inúmeras funcionalidades aos sítios web.

Resumindo, o Wordpress é o canivete suíço para quem precisa de uma solução simples, fácil, rápida e que dispensa grandes competências técnicas. Além disso, oferece grandes vantagens em termos de SEO. Em contrapartida, tem limitações evidentes no desenvolvimento de projetos mais complexos ou no campo da segurança. A grande popularidade faz deste CMS um alvo preferencial dos ataques informáticos, o que exige vigilância e manutenção constantes.

Joomla!

Criado com um fork (derivação do código open source de outro software) do CMS Mambo, o Joomla foi durante muito tempo o líder dos CMS open source...até ao surgimento do Wordpress. Fácil de instalar e de configurar, este sistema permite criar um site de forma muito rápida e sem necessidade de grandes competências técnicas.

A partir da 3ª versão, o Joomla deu um salto considerável em termos de segurança. Este CMS oferece ainda soluções interessantes em matéria de personalização das permissões e dos perfis, e de gestão multi-site - podendo servir de base a plataformas ricas, e em particular a áreas de acesso privado (intranet, extranet). Até agora, estas possibilidades estavam reservadas a sistemas mais complexos.

Drupal

O Drupal é um CMS menos usado mas com uma popularidade crescente. Desenvolvido como uma plataforma para criar redes sociais, conseguiu impor-se rapidamente como uma solução sólida e altamente personalizável graças à integração do framework Symfony (i.e. conjunto de componentes reutilizáveis).

Esta flexibilidade torna o Drupal num dos CMS favoritos das agências digitais, especialmente quando têm em mãos projetos ambiciosos. Graças ao seu criador, Dries Buytaert, esta plataforma é também famosa pelo conceito de "CMS Decoupled Architecture", uma conceito que deveio um enorme sucesso. Todavia, o seu uso requer um certo nível de competências técnicas, sem as quais não é possível tirar partido das suas potencialidades.

TYPO3

Embora o TYPO3 seja menos conhecido que os seus homólogos LAMP, não deixa de ser um CMS interessante. Este produto é mantido por uma comunidade muito ativa, oriunda em grande parte da Alemanha, país onde beneficia de grande popularidade. O TYPO3 é uma ferramenta complexa que tem a vantagem de ser altamente personalizável.

eZ Platform

eZ Publish é dos CMS Open Source mais antigos e, curiosamente, um dos menos conhecidos. Ainda assim, esta solução escandinava é reconhecida como uma das mais avançadas do mercado. O seu uso requer algum tempo de adaptação aos conceitos que a tornam famosa. O eZ Publish é a solução preferida dos profissionais que pretendem reais garantias em matéria de personalização, escalabilidade, segurança e fases de desenvolvimento (roadmap).

Nos últimos anos, o eZ Publish evoluiu para uma plataforma digital multicanal designada eZ Platform, com o objetivo de responder às necessidades dos profissionais da web e do marketing digital: interface avançada com soluções e-commerce, personalização em tempo real, análise comportamental, entre outras funcionalidades.

SPIP

SPIP é a abreviatura para Sistema de Publicação para a Internet, uma solução LAMP bastante popular em França, o país de origem. No início do milénio, esta plataforma ajudou a popularizar o conceito de CMS em terras gaulesas, acabando por se impor como a solução preferida da administração pública francesa naquele período.

O surgimento de um fork batizado «Agora» contribuiu para transformar o mercado CMS. Todavia, o SPIP continua a ser uma solução de fácil instalação e gestão, uma boa alternativa a produtos como o Wordpress. A sua popularidade é grande entre instituições de ensino e associações.

Os CMS e-commerce (e-commerce engines)

Mais do que CMS, Prestshop e Magento são e-commerce-engines que permitem criar lojas online com fichas de produto e meios de pagamento.

Prestashop

Considerado por muitos como a estrela do e-commerce, o Prestashop é sem dúvida uma das soluções mais famosas do mercado. Esta plataforma é caracteriza pelo uso relativamente simples e pela variedade de extensões disponíveis. O Prestashop é uma solução francesa que permite criar lojas online em tempo recorde e com um custo mínimo.

Apesar da sua vocação para os projetos feitos por medida, as suas qualidades intrínsecas conseguiram seduzir marcas muito famosas. É sem dúvida uma solução de referência, inclusive para quem estiver a dar os primeiros passos no e-commerce.

Magento

Esta solução de e-commerce impôs-se rapidamente como a grande referência a nível internacional. A sua robustez e as suas inúmeras opções de configuração estão preparadas para responder às exigências de projetos complexos e ambiciosos. Para usar o interface de gestão e tirar o melhor partido do seu potencial, é necessária alguma expertise e uma infraestrutura sólida.

Como instalar um CMS na infraestrutura OVH?

Módulos instalados com um clique

O serviço OVH permite a instalação de módulos CMS com apenas um clique: WordPress, Joomla, Drupal e Prestashop. Pode escolher o módulo durante a contratação do alojamento ou através da Área de Cliente. Alguns minutos depois, irá receber os dados para aceder e configurar o seu site.

Para mais informações, consulte o manual sobre os módulos disponíveis para o alojamento partilhado

Para os outros CMS

Transfira os ficheiros a partir dos sites oficiais dos CMS para o seu servidor. Para mais informação, consulte o manual sobra a transferência de ficheiros com FTP.

Garantimos a instalação otimizada para os módulos WordPress, Prestashop, Joomla e Drupal, mas não prestamos assistência ao nível da utilização ou da configuração dos CMS.

As vantagens do serviço de alojamento OVH

  • Proteção Anti-DDoS: O seu alojamento estará sempre acessível, mesmo em caso de ataque.
  • CDN: Tire partido dos nossos 19 Points of Presence (POP). Disponibilize o seu conteúdo em várias partes do mundo, e reduza o tempo de acesso ao mesmo.
  • HTTPS gratuito: Instalação gratuita de um certificado SSL «Let's Encrypt», para que o seu site possa beneficiar da segurança associada ao protocolo HTTPS.

Precisa de alojar um site e instalar um CMS?