# CASOS PRÁTICOS


Dedicated Cloud

servidores dedicados

servidores dedicados

vRack

IP Load Balancing

armazenamento

HA

escalabilidade

cluster de base de dados

cluster Ceph

monitoring

fila de mensagens


Wimi: uma infraestrutura de alta disponibilidade que associa o serviço Dedicated Cloud a servidores dedicados graças ao serviço vRack


Wimi é uma plataforma de trabalho colaborativo lançada em 2012
Os fundadores da startup Wimi : Antoine Duboscq e Lionel Roux
Aspeto de uma agenda partilhada na ferramenta Wimi (no topo, as tarefas partilhadas)
Aspeto dos documentos de um projeto dentro da interface Wimi.
Aspeto da funcionalidade « AirTime » (videoconferência no navegador web graças à tecnologia WebRTC).

A plataforma online de trabalho colaborativo Wimi foi lançada em 2012. Atualmente adotada por mais de 25 000 organizações, a ferramenta tem como objetivo facilitar o trabalho de equipa, juntando na mesma interface amigável todos os serviços essenciais a uma colaboração eficaz: sincronização e partilha de documentos (Wimi Disk), gestão de tarefas, partilha de agendas, chat, partilha de ecrã, conferências de áudio e vídeo (Wimi AirTime)... Tudo isso associado a uma gestão de acessos adaptada a uma utilização profissional. Para alojar esta plataforma, a startup francesa construiu na OVH uma infraestrutura de alta disponibilidade que combina, graças à rede privada vRack, Dedicated Cloud e servidores dedicados.




Informações chave


  • 70 servidores: 8 servidores físicos + 63 VMs repartidas numa infraestrutura Dedicated Cloud da OVH (4 hosts L) bem como um cluster OpenStack alojado localmente (ligado à infraestrutura OVH através de VPN)
  • 60 000 utilizadores repartidos pelo mundo
  • 1 000 pedidos https por segundo
  • 4 000 pedidos SQL por segundo
  • Base de dados de 10GB
  • Capacidade de armazenamento útil de 33 TB (replicação dos ficheiros 3 vezes)

Especificações


  • Alta disponibilidades do serviços: aplicação deve estar acessível 24/24horas, todos os dias do ano.
  • Segurança dos dados: objetivo zero perda de dados
  • Escalabilidade horizontal: é necessário que a infraestrutura possa evoluir de forma transparente e adaptar-se de forma elástica ao número de utilizadores ligados.
  • Alojamento de dados no território francês: requisito imposto por certas sociedades/organizações e argumento de marketing num setor no qual a maior parte dos atores são norte-americanos
  • Performances: O interesse de uma aplicação cloud é muito reduzido se lhe faltar fluidez quando em comparação com uma utilização local (=> necessidade de um sistema de cache)
  • Ligação segura por parte dos utilizadores ao serviço (HTTPS) e à infraestrutura por parte dos administradores (VPN com dupla autenticação)




Solução implementada na OVH





A alta disponibilidade da infraestrutura é assegurada por vários elementos. Em primeiro lugar, pela escolha de uma solução com HA de forma nativa como Dedicated Cloud na qual cada componente é redundado (desde os hosts até à alimentação elétrica, passando pela rede). Em segundo lugar, a decomposição do conjunto em serviços isolados em clusters específicos e independentes, garante a resiliência da infraestrutura. dentro de cada cluster, o funcionamento anormal de uma máquina (ou várias máquinas em simultâneo) não tem impacto, pois os servidores funcionais do cluster tomam conta da carga suplementar. Além disso, esta organização dá também garantia de escalabilidade da infraestrutura, uma vez que para aumentar a capacidade da mesma basta criar novas máquinas virtuais nos diferentes pontos de congestionamento. Uma operação simplificada pela utilização Puppet (será substituído por SaltStack no futuro) para automatizar a implementação e a configuração de novas máquinas virtuais suplementares. Para melhora ainda mais a escalabilidade da infraestrutura e evoluir para um modelo de "polling" (verificação dos updates em intervalos regulares) para um modelo "push" com utilização de tecnologias como WebSocket + node.js . Ou seja, levar os conteúdos até aos utilizadores, ao invés de esperar pelas querties dos browserrs quando eles carregam as páginas ou esperar que o javascript efetue as queries AJAX.

1 - Repartição de carga com 2 endereços IP LoadBalancing

2 - Front-end (Nginx + PHP-FPM)

3 - Back-end / Cache (PHP-FPM + Memcached)

4 - Bases de dados (cluster Galera)

5 - Armazenamento de ficheiros (Ceph)

6 - Message queue (Rabbit MQ)

7 - Monitorização e análise de performances

8 - Backups

9 - Rede interna da infraestruitura



Feedback


«Em 2012, quando procurávamos um alojador para montar a nossa infraestrutura, tínhamos pouco por onde escolher com qualidade e que respondesse à nossa necessidade. Apenas os grandes prestadores de serviços propunham soluções de infraestrutura virtualizada que associassem liberdade e performance. Mas, estes prestadores eram todos norte-americanos e nós desejávamos tranquilizar os nossos utilizadores quanto à confidencialidade dos seus dados. Descobrimos a OVH e a sua oferta Dedicated Cloud nessa altura. O interesse pelo Dedicated Cloud, além de libertar da constrangedora tarefa de administração de um parque de máquinas físicas muito vasto, reside no facto de que os recursos são dedicados e que podemos adicionar hosts e datastores à medida das necessidades. A chegada do vRack foi decisiva. Esse serviço permitiu-nos associar o melhor de dois mundos, o Cloud pela sua robustez e modularidade e os servidores dedicados pela sua performance bruta, particularmente útil para alojar grandes bases de dados que são muito solicitadas. Sem esta rede privada, seria impossível implementar as escolhas técnicas tais como um cluster Galera de base de dados MariaDB ou ainda o armazenamento distribuído com Ceph. A interligação das máquinas teria sido possível através de endereços IP públicos mas, isso teria afetado as performances e apresentava mais problemáticas em termos de segurança. A nossa ambição para o ano de 2015 é de tornar Wimi num serviço usado de forma internacional, de forma mais particular, vamo-nos concentrar no continente Norte-americano e estamos a estudar a possibilidade de estender/duplicar a nossa infraestrutura no datacenter canadense da OVH, BHS.»

Thomas Lemarchand (@t_lemarchand), responsável pelos sistemas de informação da Wimi.



A opinião da OVH


A infraestrutura implementada por Wimi é interessante a vários níveis: recursos híbridos virtuais e físicos para responder às problemáticas de alta disponibilidade (HA) e de escalabilidade, benefício das inovações mais recentes da OVH (Wimi consta entre os utilizadores de Dedicated Cloud, de vRack, do serviço IP Load Balancing, de servidores dedicados da gama FS-Max…), e recurso a "tecnologias de ponta" (stockage Ceph, cluster Galera de MariaDB, monitoring ELK…).

Uma recomendação que podemos formular é a da implementação de um mecanismo de provisionamento automático de recursos suplementares, baseado na monitorização e na determinação de patamares críticos. Um script poderia assim iniciar ou interromper através da API OVH novas máquinas virtuais em caso de ser ultrapassado um eventual patamar de carga, durante um determinado período de tempo predefinido. As VMs seria, então configuradas através de Puppet (ou outro sistema de gestão de configuração) e depois automaticamente integradas nos clusters que necessitassem de reforço durante alguns minutos. Contudo, Wimi +e uma ferramenta de trabalho cuja utilização é regular e o aumento da carga é previsível. A automatização quase integral da infraestrutura permite assim implementar recursos suplementares em 30 minutos, o que é suficiente. Neste contexto, a otimização preconizada advém do «nice to have».

O armazenamento de ficheiros estáticos da aplicação web (código JavaScript e CSS) poderia igualmente ser efetuado no seviço CDN, de forma a diminuir a carga dos servidores frontais e melhorar ligeiramente o tempo de apresentação das páginas. Isto, mesmo que elas representem uma pequena parte dos pedidos globais na infraestrutura.



Os elementos da infraestrutura




1 IP Load Balancing

9,99 s/IVA /mês

Encomendar


Dedicated Cloud

Pack Enterprise L 2 hosts AMD + stockage 2 x 300 GB

561,00 s/IVA /mês

Recursos suplementares a pedido

Encomendar


vRack

vRack
Serviço incluído com o Dedicated Cloud e os servidores da gama Infrastructure


Bases de dados
(Cluster Galera)

3 servidores da Gama Infrastructure
Modelo EG-32

104,99 s/IVA /mês

Encomendar


Armazenamento de ficheiros em Ceph

3 servidores da gama Armazenamento
FS-MAX (Pay as you grow)

349,99 s/IVA /mês

Discos como opção

Encomendar


Backup

2 servidores da Gama Stockage
Modelo FS-72T

389,99 s/IVA /mês

Encomendar