# CASOS PRÁTICOS


Servidores dedicados OVH

Máquinas virtuais RunAbove

IP Load Balancing

Escalabilidade

Alta disponibilidade

Alojamento de sites com elevado tráfego


Uma infraestrutura escalável, capaz de resistir a importantes picos de carga



SYSADMIN BADASS é o prestador encarregue da infraestrutura do website sofoot.com, um site consagrado à atualidade futebolística. Inicialmente alojado numa única máquina dedicada, o site começou a ter um grande sucesso desde a sua criação em 2006. Na véspera do Mundial de Futebol de 2014, tornou-se necessário implementar uma infraestrutura mais robusta e, sobretudo, escalável, como já se previam altos picos de visitas devido a este evento (mais de 1 milhão de páginas vistas por 500 000 visitantes únicos). O objetivo: ero interrupções de serviço durante o mês da competição desportiva.

Esta infraestrutura foi premiada através dos "Trophées Infastructures 2014" atribuídos pela OVH aquando da realização do evento OVH Summit em 7 de Outubro na categoria "Projeto Cloud".




Informações chave


  • 85 000 artigos
  • 1,2 milhões de comentários
  • 60 GB de conteúdos estáticos (imagens, vídeos, etc.)
  • 13 milhões de registos na base de dados (5GB)
  • Visitas do site multiplicadas por 3 durante a realização do mundial de futebol (estimativa)

Especificações


  • Resistir a picos de carga de 5 000 pedidos HTTP/segundo, 500 000 visitas únicas/dia com uma triplicação da carga em menos de 10 segundos
  • Impossibilidade de rever em profundidade o código do site (disponibilidade reduzida da equipa de desenvolvimento), pois o site foi concebido para funcionar numa única máquina (aplicação não "cloud ready")
  • Orçamento limitado, que impede criar uma infraestrutura dimensionada de forma a fazer face aos picos de carga de forma permanente
  • 100% de disponibilidade para o website




Solução implementada na OVH





Para assegurar a disponibilidade mais alta possível para o site sofoot.com, SYSADMIN BADASS construiu uma infraestrutura de alta disponibilidade cuja elasticidade se baseia, principalmente, na utilização de instâncias RunAbove (public cloud) faturadas "à hora" e implementas em poucos minutos.

1 - Repartição da carga

2 - Conjunto de servidores web

3 - Replicação da base de dados

4 - Implementação de um backoffice para a redação

5 - Automatização da criação de máquinas suplementares

6 - Monitoring da infraestrutura

7 - Backups



Feedback


"A infraestrutura aguentou a carga do primeiro ao último dia da copa do Mundo... mesmo atualmente a arquitetura continua a ser usada de forma permanente pela sofoot.com."

« A infraestrutura foi adotada de forma permanente pela sofoot.com. A elasticidade da arquitetura que tínhamos concebido (instâncias RunAbove alugadas apenas durante os períodos de mais afluência) torna o seu custo bastante razoável.

Os picos de carga em ambiente de produção permaneceram dentro do limite das nossas expectativas com máximos de 320 000 VU/dia, 2300 queries/segundo e uma triplicação da carga (geralmente, no fim de um jogo). Contudo, contra todas as expectativas, nas 2 semanas que se seguiram à última edição do Mundial de futebol, sofoot.com tinha estabelecido records de frequentação com picos de 360 000 VU/dia, 3000 queries/segundo e uma triplicação de carga no espaço de 20 segundos. Um fenómeno que se deveu a a uma atualidade no mercado de transferências e um afluxo de novos visitantes que conheceram o site durante a realização do Mundial. Estes picos foram perfeitamente amortecidos pela infraestrutura implementada, o que é um bom indício para o Euro 2016 que se aproxima. 

Estamos a testar agora a automatização do aprovisionamento de máquinas virtuais suplementares via a API RunAbove, baseando-nos nos alertas das ferramentas de monitorização, de forma a beneficiar de uma infrestrutura realmente elástica, auto-administrada a 100%. Ainda requer muito trabalho na simplificação da infraestrutura de forma a diminuir o tempo de implementação de uma nova máquina, uma vez que queremos diminuir o tempo de 20 para 4 minutos. Por último, vamos lançar em breve uma loja online So Press. Vamos apoiar-nos sobre a solução PrestaShop em modo SaaS proposto pela OVH, que tinha uma excelente relação qualidade/preço.»

Nicolas Capeyron (@ncapeyronSABA), gerente da SYSADMIN BADASS.



A opinião da OVH


SYSADMIN BADASS é uma verdadeira força da natureza: construiu uma infraestrutura de alta disponibilidade, escalável, e com baixo custo para alojar aplicações que não estaria ainda desenvolvida de acordo com os "standards" de hoje (cloud ready).

Uma possível otimização para esta infraestruturas seria aproveitar o CDN OVH para armazenar os conteúdos estáticos do site sofoot.com, reduzindo assim o volume de dados presentes nos servidores web, melhorando os tempos de latência e diminuindo o tempo de implementação de um novo servidor (ao diminuir o tempo necessário para a sincronização dos 60GB de dados). Isto levaria, no entanto, a uma modificação significativa no website, nomeadamente na rescrita do conjunto dos links para as imagens, uma vez que estariam alojadas num subdomínio diferente.



Os elementos da infraestrutura




1 IP Load Balancing

9,99 s/IVA /mês


Load balancing (HAProxy)

2 servidores da Gama Enterprise
Modelo SP-64

104,99 s/IVA /mês


Front-end

3 servidores da Gama Hosting
Modelo HOST-32

86,99 s/IVA /mês


Front-end web reforçados

5 VM Runabove
« 1 VM/host » XL4

0.140$ s/IVA /hora


Servidores de base de dados

2 servidores da Gama Enterprise
Modelo SP-64

Opção 3x 160GB SSD Intel DC S3500 SATA3 6Gbps

104,99 s/IVA /mês


Monitorização

1 VPS Cloud 1

9,99 s/IVA /mês


Servidor Backoffice

1 servidor da Gama Hosting
Modelo HOST-32

86,99 s/IVA /mês