Gestão dos DNS

Configurar o domínio e a zona DNS

Para aceder a um site é preciso introduzir um domínio na barra de endereço do browser. Por sua vez, o browser faz a associação entre o domínio e o endereço IP, e apresenta o site. Este processo é concretizado através de um protocolo de ligação chamado DNS. A zona DNS é a base de dados que contém o conjunto dos registos para um determinado domínio.

Aponte o domínio para o seu site

Com o serviço OVH, terá toda a autonomia para configurar a zona DNS e apontar o domínio para o seu site. A configuração é simples e pode ser efetuada através da interface de gestão. A oferta de alojamento pode ser alterada a qualquer momento, sem afetar o acesso ao site.

Personalize a gestão dos seus endereços de e-mail

O seu domínio aponta para os servidores do seu site. Prefere usar outros servidores ou um operador diferente para gerir os endereços de e-mail? Não há problema! Configure os campos MX do seu domínio de maneira a reencaminhar os e-mails para outras máquinas.

Com os registos SPF, pode verificar o domínio do remetente de um e-mail e reduzir a possibilidade de usurpação de endereços.
Indique na zona DNS do seu domínio os endereços IP com ou sem autorização para enviar e-mails.

Configure a zona DNS dos seus subdomínios

Graças à personalização das zonas DNS, também é possível configurar o apontamento dos seus subdomínios (ex : imagens.meusite.com, forum.meusite.com, etc.). Basta um clique para estabelecer a ligação com as pastas certas. O seu site fica mais organizado, os visitantes conseguem aceder mais facilmente às secções do mesmo.

Automatize a gestão dos subdomínios com wildcards! Escolha uma definição na zona DNS do domínio, aplicável de forma automática a vários subdomínios. Com esta operação, os subdomínios forum.oseusite.com, blog.oseusite.com, suporte.oseusite.com, etc, serão reencaminhados automaticamente para a pasta pretendida.

Reparta a carga do seu site

Com RoundRobin, pode gerir os registos do tipo A ou AAAA e especificar vários endereços de IP para o seu site. Quando um internauta aceder às suas páginas, o browser liga-se aleatoriamente a um dos endereços IP registados. O tráfego no seu site fica fluido. Desta forma. evita a saturação das portas de acesso.