Como migrar para o Private Cloud

Migração total ou transição progressiva: 4 casos práticos para passar ao Private Cloud

Tem, no cloud público, máquinas virtuais, instâncias, servidores VPS

O Private Cloud permite que os reagrupe no seu espaço 100% dedicado. Poderá organizá-los, otimizar os custos, aumentar o SLA, definir as melhores estratégias para a correta continuidade da atividade. É a oferta ideal para estabilizar um projeto atual, e para o acompanhar na sua maturidade. Ganha em liberdade com o acesso ao lado da virtualização (VAAS) para definir estratégias avançadas. Não é apenas o utilizador 'root' das suas máquinas, é também o 'piloto' da sua infraestrutura virtual dedicada.

Dispõe de uma infraestrutura virtualizada nos servidores dedicados

Com o Private Cloud vai reduzir os tempos de evolução, de migração e de implementação. Como a OVH administra a implementação automática e a atualização dos servidores e das soluções de virtualização, apenas terá de se concentrar na sua infraestrutura virtual. Não tem de conceber planos complexos para assegurar uma disponibilidade ao nível do hardware, isto tudo graças à substituição automática, e a aquente, dos servidores. Basta importar então as antigas VMs no Private Cloud e disporá de mais tempo para a otimização das suas estratégias.
Poderá conservar um 'mix' entre servidores dedicados e Private Cloud (falamos então de uma arquitetura híbrida) ligadas por uma rede privada OVH (Vrack)

Dispõe de uma infraestrutura física nos servidores dedicados

Poderá transferir a sua atividade graças às ferramentas desenvolvidas pelos editores. Se escolher um Private Cloud propulsionado pela VMware poderá utilizar a ferramenta gratuita VMware Converter. Se o seu Private Cloud é propulsionado pela Microsoft, poderá utilizar Virtual Machine Converter. O Private Cloud permite que se abstraia da gestão dos servidores dedicados e consolide a sua arquitetura e utilização de recursos.
Poderá conservar um 'mix' entre servidores dedicados e Private Cloud (falamos então de uma arquitetura híbrida) ligadas por rede privada OVH (Vrack).

Já dispõe de um cloud interno (Private Cloud) nos seus servidores

Poderá transferir toda ou parte da sua atividade (dados, máquinas) no seu Private Cloud OVH sem trocar de tecnologia ou arquitetura. Poderá encontrar as minhas soluções e licenças que utiliza na sua empresa (VMware, VSphere) nas suas últimas versões.
Reduz o tempo de manutenção, atualização e evolução do seu cloud. Adicionar um servidor na sua infraestrutura virtual não levará meio dia mas sim 5 minutos.
Os seus custos internos mudam de CAPEX para OPEX: Deixará de ter de adquirir as licenças, hardware de rede, passando a alugá-los, podendo redimensionar a infraestrutura em tempo real.
Vai poder definir planos de retoma de atividade ou de continuidade de atividade entre o seu datacenter e um ou vários datacenters da OVH.
Graças às tecnologias standard poderá construir um Cloud Híbrido assegurando-se de uma portabilidade e reversibilidade simplificada!