Public Cloud

Alto desempenho e segurança para profissionais

Porque é que a cloud da OVH é diferente?


A história do Public Cloud

A história do Public Cloud da OVH contada por quem concebeu e criou a infraestrutura.

SLA de 100%
SLA de 99,999%
Com uma disponibilidade nativa software-defined, uma infraestrutura totalmente gerida pela OVH e um hardware de última geração, comprometemo-nos a alojar com o maior zelo os seus ambientes de produção mais exigentes.
Tarifário inovador
Tarifário inovador
Lance os seus projetos e inicie as suas máquinas com a segurança de pagar sempre o preço justo, optando pelo pagamento à hora que se adeque à sua utilização ou ao mês para realizar uma poupança de 50% na fatura.

Tudo incluído
Tudo incluído
Beneficie de forma instantânea de recursos dedicados e garantidos em termos de CPU, RAM, disco e rede, com sistema operativo, centro de dados e chave SSH incluídos, sem nenhum custo adicional por tráfego ou pedidos.
Reversibilidade
Reversibilidade
O standard de mercado OpenStack, entidade com a qual a OVH tem um estreito relacionamento, assegura-lhe a portabilidade dos seus ambientes cloud e um funcionamento híbrido entre a OVH e os diferentes fornecedores de serviços cloud computing.


Área de Cliente Cloud: uma interface intuitiva e precisa

Serviços integrados com a cloud da OVH

Pagamento proporcional ao uso

À hora para as instâncias, por gigabyte para o armazenamento

Faturação mensal

Opte pelo pagamento mensal e reduza os custos

Disco de alta disponibilidade

Dados replicados 3 vezes

Área de Cliente simplificada

Gestão de todos os seus serviços cloud

API OVH e OpenStack

Gestão e automatização de todos os serviços

Rede OVH

Beneficie da capacidade da rede mundial da OVH

A resposta às suas dúvidas

Qual é o método de faturação do Public Cloud ?

O consumo realizado a cada mês é faturado entre os dias 1 e 5 do mês seguinte.
Em caso de faturação mensal, o pagamento do "mês que vem" é faturado ao mesmo tempo que os possíveis sobreconsumos do mês anterior (instâncias ou armazenamento de objetos). Em caso de migração de um recurso para a taxa mensal no decurso de um mês, será imediatamente debitado o valor devido no mês decorrente, calculado numa base pro rata.
Todas as instâncias são faturadas caso não tenham sido eliminadas na Área de Cliente OVH.

Qual é o nível de SLA garantido para o serviço Public Cloud?

Public Cloud tem um SLA de 99,999% para todos os recursos (computação, armazenamento, rede).
Em caso de perda de conetividade confirmada pelo serviço de gestão de incidentes e que não corresponda a uma manutenção planeada, uma compensação de 0,5% do valor do serviço é dada por cada minuto de indisponibilidade (até um máximo de 100% do consumo do mês correspondente).

Porque é que o Public Cloud funciona com OpenStack?

OpenStack é um conjunto de softwares open source que permitem implementar infraestruturas cloud (IaaS). Membro da fundação OpenStack, a OVH coloca à disposição, além da sua API e da sua interface de gestão, as API standard da OpenStack bem como a interface de gestão Horizon.
Concretamente, poderá migrar a qualquer momento a partir da plataforma de outro fornecedor e vice-versa, automatizar as suas infraestruturas cloud ou gerir as suas imagens de servidores e discos.

O Public Cloud fatura o tráfego de entrada e de saída das instâncias?

O tráfego público de entrada e o tráfego privado de entrada e de saída (vRack) são ilimitados e gratuitos em todas as regiões de Public Cloud.
O tráfego público de saída é gratuito e ilimitado, exceto nas regiões de Singapura (SGP) e Sydney (SYD), com um limite de 1024 GB/mês por projeto e por datacenter. Cada GB adicional será faturado 0,069 s/IVA/GB.

Casos práticos: a cloud da OVH aliada às suas infraestruturas

SYSADMIN BADASS
NextRadioTV

Uma infraestrutura escalável, capaz de resistir a importantes picos de carga

SYSADMIN BADASS é a empresa encarregue da infraestrutura do website sofoot.com, um media consagrado na atualidade futebolística. Inicialmente alojado num único servidor dedicado, o website conheceu um grande e crescente sucesso desde que foi criado em 2006.

Na véspera da Copa do mundo 2014, tornou-se necessário implementar uma infraestrutura mais robusta, e claro está, mais escalável, pois estariam-se a prever picos de visualizações durante este evento (mais de um milhão de páginas vistas por dia por 500 000 visitantes únicos).


Os bastidores da infraestrutura que aloja as atividades digitais de BFM, RMC e 01net

Para alojar as atividades online destes media (aplicações web e móveis), a NextRadioTV implementou na OVH uma infraestrutura de alta disponibilidade capaz de absorver os picos de cargas de até 9 milhões de visitantes diários.

Ao associar o Dedicated Cloud, o Public Cloud e servidores dedicados, a NextRadioTV beneficia de uma infraestrutura híbrida robusta e fortemente escalável, em que os recursos são partilhados ao beneficiar de 6 websites e 15 aplicações editadas pelo grupo.